Vídeo mostra a emoção de filhos ao reencontrarem pai que estava internado com coronavírus


Não é algo natural que, de uma hora para outra, um pai ou uma mãe de uma criança saia de sua casa e não volte mais, sem dar possíveis explicações sobre o que aconteceu ou acarretou para que isso viesse a acontecer. Não é algo comum que, uma pessoa morra por um vírus e você justificar que ela carregava uma comorbidade, que era uma simples hipertensão. Sem dúvidas, isso não é natural! Infelizmente, o número de vítimas pelo novo coronavírus no Brasil já soma mais de 57 mil pessoas, e muitas crianças ao redor do pais acabam vivendo essa triste jornada, com inúmeras ficando órfãs sem entender, sequer, o que realmente aconteceu.

Uma emocionante história envolvendo a pandemia aconteceu no estado do Paraná. Trata-se dos pequeninos Maria Vitória, de apenas dois anos de idade e de Geraldo Filho, de quatro anos, ambos filhos de Geraldo Carvalho, 41, secretário municipal de Políticas Públicas de Araucária. Infelizmente, o papai acabou necessitando ser internado durante quase dez dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da cidade de Campo Largo. Geraldo Carvalho, para a felicidade de seus filhos, recebeu alta neste fim de semana.

O reencontro com seus filhos, ao qual foi gravado, rapidamente viralizou e emocionou milhares de pessoas ao redor do Brasil. Na ocasião, o choro de soluçar da pequena Maria Vitória é uma amostra de como o rapaz pode se considerar uma pessoa privilegiada, conseguindo superar os desafios e poder abraçar sua família novamente.

Geraldo, ao ser entrevistado, afirma que o momento foi maravilhoso, e nunca havia ficado tanto tempo longe dos pequenos. O papai informa que, juntamente com sua esposa, Ana Carvalho, teve complicações e necessitou ser internado. No momento que estava se recuperando do novo coronavírus, os filhos mais velhos cuidaram dos mais novos, que também pegaram Covid, mas que pelo fato de serem crianças, não tiveram complicações.

Geraldo ainda afirma que, todos os dias, Maria Vitória mandava áudios gritando e dizendo que queria novamente seu pai e, quando pôde novamente chegar em sua casa, foi uma grande emoção “Ela não para de chorar”, completa Geraldo, ainda ofegante devido as complicações da Covid-19.

Assista:

Fonte: BandaB