Um balde de água fria! Diretor-geral da OMS diz que vacina contra o coronavírus ‘talvez nunca exista’


O diretor-geral da OMS ( Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyesus, deu uma declaração no mínimo desanimadora na última segunda-feira (3). Segundo ele, uma vacina ou cura para a covid-19 podem não se tornar realidade.

“Não existe bala de prata no momento e talvez nunca exista”, disse o diretor-geral. Tedros disse ainda que, no momento, imunizações estão em fase de testes. Porém, há a possibilidade de que nenhuma delas proporcione a proteção esperada. De acordo com a OMS, 25 vacinas estão na fase de testes em seres humanos, sendo que 6 delas estão na fase 3, que corresponde aos últimos estudos antes da conclusão.

“Há preocupação de que talvez não tenhamos uma vacina que funcione. Ou que a proteção oferecida possa durar apenas alguns meses, nada mais”, afirmou ele, que completou dizendo não ser possível ter certeza até que todos os testes sejam concluídos.

Além de falar a respeito da imunização, a OMS, mais uma vez, reforçou a necessidade da aplicação das medidas de prevenção disponíveis, ressaltando a importância de conter a transmissão do novo coronavírus até que se alcance uma vacina ou medicação eficaz.

A recomendação da organização é de que os países realizem a identificação dos casos confirmados, rastreie os contatos e imponha o isolamento aos infectados. Para os indivíduos, permanece a recomendação do distanciamento social, a higienização das mãos, a utilização de máscaras e a cobertura de nariz e boca ao tossir ou espirrar. “Se fizermos tudo, se adotarmos uma abordagem abrangente, podemos mudar isso”, afirmou o diretor-geral.

Fonte: Diário do Centro do Mundo

Vacina contra covid-19 “talvez nunca exista”, diz OMS