‘Tem medo do quê? Enfrenta’, diz Bolsonaro sobre mortes pelo coronavírus


Durante uma visita na cidade de Begé, no Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira, 31 de julho, o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, falou sobre a pandemia do novo coronavirus e também sobre as mortes no país e fez declarações que deixou muita gente indignada, principalmente pessoas que já perderam alguém conhecido por conta da doença. 

“Eu estou no grupo de risco. Agora, eu nunca negligenciei. Eu sabia que um dia ia pegar. Infelizmente, acho que quase todos vocês vão pegar um dia. Tem medo do quê? Enfrenta!”, falou Jair Bolsonaro. Ele deu esssas declarações depois diante de uma multidão de pessoas que se aglomerou. Ele pegou crianças no colo e cumprimentou as pessoas sem máscara. 

Este evento se deu durante a inauguração de uma escola cívico-militar e a entrega de algumas residências em território gaúcho.

O presidente ainda acrescentou que lamenta as mortes causadas pela doença. “Lamento. Lamento as mortes. Morre gente todos os dias de uma série de causas. É a vida, é a vida. Minha esposa agora está [contaminada]. Depois de quase um mês que peguei o vírus, ela pegou”, disse.

Foto/Reprodução

Vale lembrar que Bolsonaro se recuperou recentemente do coronavirus. O presidente testou positivo pela primeira vez no dia 07 de julho, logo depois ficou isolado no Palácio da Alvorada, onde segundo ele fez uso de hidroxicloroquina para ajudar no tratamento da doença. Vale ressaltar ainda que não há comprovação científica da eficácia da hidroxicloroquina para a doença. 

Fonte: Uol