PT desafia Bolsonaro e cria Bolsa Família turbinado para disputar com o Renda Brasil


No dia 24 de julho, na última sexta-feira, o PT apresentou uma proposta em uma reunião ao vivo divulgada em seu canal no YouTube.

Apresentou uma proposta para bater de frente com o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, onde prevê mudanças no Bolsa Família.

O partido dos trabalhadores quer trazer um novo programa turbinado, para combater diretamente com o Renda Brasil. O objetivo deles é extinguir o programa feito no governo de Bolsonaro e implementar o novo Bolsa Família, quando eles assumirem o poder.

A economista do PT, Tereza Campello, revelou as diretrizes sobre o novo programa, o qual se chamará, ‘Mais Bolsa Família’. A reunião, na qual a petista conta sobre a novidade, foi transmitida ao vivo pelo YouTube

Tereza revela que a proposta é que o partido petista ganhe força e que não perca a sua identidade, já que foi o mesmo que “implantou programas de transferência de renda no Brasil”.

Ainda de acordo com a fala da petista, o benefício irá abranger mais brasileiros, não só os que são considerados pobres, mas também as famílias com algum tipo de vulnerabilidade. Além disso, o valor dado também será aumentado.

Tereza revela que todas as famílias que têm a renda média por pessoa de até R$ 600 passa a ter direito ao Mais Bolsa Família.

Outra mudança no projeto, seria alterar a linha da extrema pobreza, o qual antes era de R$ 89 e passa a ser R$ 178, a renda por pessoa. Além disso, a linha de pobreza também iria aumentar, onde antes era R$ 300 e passaria a ser R$ 600 reais.

Fonte: Valor Investe