Pastores vendem suco de uva ungido a mil reais e revolta internautas


Quando se fala em religião, todos nós sabemos que a cada um tem a sua, e assim como na politica, a escolha é livre e deve ser repeitada.

Porém existem alguns fatos que ocorrem em alguns locais onde pessoas que buscam fortalecer sua fé se reúnem, que são difíceis de entender e aceitar.

Alguns chegam a causar polêmicas e revolta entre os internautas, como por exemplo, o caso do pastor evangélico que teve uma ideia para arrecadar dinheiro que acabou não agradando nem um pouco.

O caso aconteceu na Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus , que acabou se envolvendo em uma polêmicas que viralizou nas redes sociais.

Depois que o pastor Agenor Duque, começou a vender suco de uva “ungido” por um valor inexplicável de R$ 1.000.00.

De acordo com as informações, o pastor juntamente com a sua esposa, Ingrid Duque, tentam vender a bebida durante os cultos.

Nas redes sociais o povo está um tanto indignado com a atitude do pastor, que surge em vídeos com os suas mãos dentro de alguns recipientes onde ele diz estar ungindo o suco de uva.

Outros vídeos mostram ele e sua esposa oferecendo o produto “ungido” aos fiéis de sua igreja.