Orixás não deixam abrir terreiros na BA por pandemia, dizem líderes religiosos


A pandemia do novo coronavírus mudou a rotina das pessoas do mundo inteiro, e para evitar o contágio em massa, a OMS (Organização Mundial da Saúde) orienta as pessoas a usar máscaras , evitar aglomerações e lavar as mãos sempre que possível, essa tem sido a única forma de se proteger, visto que ainda não tem tratamento para o vírus ou uma vacina.

Orixás não deixam abrir terreiros na BA por pandemia, dizem líderes religiosos - 28/07/2020 - Cotidiano - Folha

Mesmo com a autorização da prefeitura para que templos religiosos voltem a funcionar, alguns terreiros de candomblé em Salvador escolheram continuar fechados durante a pandemia da covid-19. A preocupação é porque a maioria dos lideres religioso são idosos ou por medo de perseguição,e  muitas dessas casas, o conselho de não voltar agora são dos próprios orixás.

Mãe Ana comunicou que não há possibilidade de retomada das atividades neste momento. Entre os principais terreiros de Salvador, aos 53 anos, Mãe Ana é uma das ialorixás mais novas.

Orixás não permitem reabertura de terreiros na Bahia por causa da pandemia

Vale lembrar que a pandemia no Brasil vem matando mais de 1.000 pessoas todos os dias, e já passou de 90 mil mortos pelo vírus. O país se tornou o segundo no mundo com mais casos de mortes e infectados por covid-19. O distanciamento social é a única forma no momento de barrar o contágio e evitar tantas mortes.

 

Fonte: Folha de SP