O Papa Francisco e os animais; uma mensagem de amor


Quando se fala em amor aos animais logo se lembra do Papa Francisco, assim como dizia São Francisco de Assis, os animais são nossos “irmãos mais novos”.

Sempre que pode, o Papa orienta o povo de Deus a amar e respeitar os animais. Em seus discursos recentes, ele rezou pelas pessoas que perderam seu animal de estimação.

O Sumo Pontífice em determinada situação, recebeu a visita de um garotinho que estava sofrendo muito por ter perdido seu cachorrinho, então o líder católico disse que próximo de Deus há lugar para todos os seres.

Essas palavras foram dirigidas para consolar o menino naquele momento de dor, mas, muitas pessoas interpretaram de forma errônea e passaram a dizer que o Papa tinha dito que os cães vão para o céu.

Muitos sites famosos chegaram a replicar a notícia, mas, alguns dias depois, tudo foi esclarecido.

Em outra declaração, ele disse que existem pessoas que amam os animais, mas desprezam o próximo, com suas sábias palavras, o Papa ensina que devemos amar a todos.


Um dia, o Papa contou que bandos de andorinhas o seguiam formando uma cruz e que em uma ocasião, na qual ele ia pregar em Alvino, disse: “Irmãs andorinhas, agora eu tenho que falar comigo.”

Em outra ocasião, ele amansou um lobo selvagem dizendo:

“Venha aqui Irmão Lobo, te mando da parte de Cristo que não faças nenhum mal a mim nem a ninguém.”

E quando estava no monte rezando, um pássaro lhe avisou que era a hora da oração da meia-noite.

Todos contra o coronavírus!