Novo laudo aponta que vídeo íntimo de João Dória com várias mulheres é verdadeiro

Foto: Montagem/Divulgação/Reprodução

Na última terça-feira, dia 23/10, todos ficaram surpresos com um suposto vídeo íntimo do candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB, João Dória.

O assunto logo viralizou nas redes sociais, e dividindo opiniões na web. Uma parte acreditava que fosse realmente Dória, já outros afirmavam que não era, e que tudo não passava de algo montado para prejudicá-lo na eleição do segundo turno, que está acontecendo neste domingo, dia 28/10.

Um novo laudo à respeito do vídeo, realizado pelo perito criminal Onias Tavares de Aguiar, contraria a análise encomendada pela Revista Veja SP, garantindo que o homem nas imagens é realmente o candidato.

Sem divulgar quem contratou seus serviços, o perito comentou à respeito. “Não posso declinar quem me encomendou o laudo, pois se trata de sigilo profissional”, disse Onias Aguiar, que é ex-diretor do Núcleo de Crimes de Informática do Instituto de Criminalística de São Paulo.

Ele afirmou que, como metodologia, extraiu todos os frames do vídeo, ampliando e aplicando técnicas de software para ressaltar os pontos de interesse. “O vídeo pode ser dividido em 603 frames (quadros) e considerando tratar de vídeo na velocidade de 30 frames/s, o que equivale ao tempo de 20,1 segundos de tempo de duração”, explicou.

“Conclui-se que o vídeo não foi adulterado e nem alvo de qualquer manipulação. É um vídeo autêntico, onde ressaltamos tratar-se de um trecho de 20 segundos de um vídeo maior, o qual não foi apresentado para análise”, observou Onias.

Dória desmentiu

João Dória usou suas redes sociais para desmentir que o vídeo fosse seu, intitulando o vídeo como “uma produção grotesca”.

Jovem é morto em carreata pró-Haddad na cidade de Pacajus, no Ceará

Jair Bolsonaro vota no Rio de Janeiro sob forte segurança