Mulher de Asa Branca acusa hospital de maus tratos: “enfermeiros estão batendo nele”


O locutor de rodeios mais conhecido do Brasil está enfrentando uma grande luta contra o câncer, Asa Branca, precisou ser internado novamente na madrugada desta sexta-feira (27).

Seu estado de saúde é considerado grave e irreversível, após ficar por uma semana internado no Instituto do Câncer de São Paulo, ele recebeu alta no sábado (21), de acordo com Sandra, esposa de Asa Branca, a equipe médica sabia que ele não tinha condições de voltar para casa, tanto que queriam que ele fosse encaminhado para uma clínica de repouso.

Os tumores do câncer de mandíbula se romperam, porém as infecções estavam controladas quando recebeu alta, mas ele teve uma piora e precisou voltar para um hospital na Zona Sul de São Paulo, onde ele teria sido agredido por enfermeiros, conforme afirmou Sandra.

Mulher de Asa Branca acusa hospital de maus tratos: “enfermeiros estão batendo nele”

De acordo com o portal de notícias online da revista ‘Quem’, Sandra afirmou que alertou o hospital que Asa Branca deveria ficar sedado, ele está confuso, sentindo muitas dores e que poderia ficar agitado e acabar retirando a sonda gástrica e a medicação.

Sandra também relatou que não teve autorização para acompanhar o marido durante a noite e que ao retornar na manhã deste sábado (28), se deparou com Asa Branca amarrado a cama e ferido. “Se você vê a situação que o Asa está no hospital, é muito humilhante. Amarraram ele, está todo machucado. Teve um outro paciente, diz que o enfermeiro deu um safanão (sic) nele. Eu não sei o que eu faço”, relatou para Quem. “Ele está com dor, está confuso e os enfermeiros estão batendo nele.”

A esposa do locutor disse que ficou muito triste e revoltada quando o viu amarrado, se estivem sedado o marido ele não precisava passar por esta situação. Ela também relatou que uma jovem que estava no local afirmou que os enfermeiros deram um safanão em Asa Branca e o jogaram sobre a cama.

Depois que ela trouxe o caso a público recebeu autorização para ficar ao lado do marido em tempo integral depois que ela foi para o hospital junto com seu advogado.

Fonte: Quem