Morre Guto Schiavon, um dos pioneiros do Bitcoin no Brasil

Foto (Reprodução/ guto Schiavon)

Morreu ontem, dia 25, Guto Schiavon, co-fundador da corretora de criptomoedas Foxbit. Schiavon faleceu após um acidente fatal, no km 465 da rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), na saída para Tupã, município do interior de São Paulo.

De acordo com o G1, o acidente chegou a envolver três veículos. Com uma forte chuva, o carro de guto foi atingido na traseira, formando assim, o grave acidente.

A Foxbit, empresa co-fundada por Guto, emitiu nota afirmando:

“Comunicamos com profundo pesar o falecimento do fundador e diretor de Operações da Foxbit, Luís Augusto Schiavon Ramos, o Guto, aos 24 anos, na tarde desta terça-feira, 25 de dezembro, vítima de acidente automobilístico na rodovia João Ribeiro de Barros (SP-294), em Marília (SP).

Bacharel em Sistemas de Informação pelo Univem (Centro Universitário Eurípedes de Marília) e técnico em Mecânica de Usinagem pelo SENAI, Guto Schiavon fundou a Foxbit em 2014 ao lado de João Canhada, CEO da empresa, que hoje é maior exchange de Bitcoins da América Latina com mais de 400 mil clientes R$ 5 bilhões transacionados.

A Foxbit está prestando toda solidariedade e apoio aos familiares do Guto.

Tão logo tenhamos informações sobre velório e o sepultamento emitiremos novo comunicado.”

Atenciosamente,

Foxbit

Nós, do Plantão Ao Vivo, desejamos força à Foxbit e Familiares.

Saiba o que o Japão fará com as baleias

Buscas são retomadas a procura de sobreviventes, na Indonésia