Moradores de rua recebem marmita envenenada e morrem após ingerirem a comida


Durante esta quarta-feira (22), dois homens que estavam vivendo em situação de rua em Itapevi, localizada na Grande São Paulo, morreram após comerem marmitas envenenadas. O caso em questão foi confirmado pelo atual prefeito da cidade, Igor Soares (Podemos), que informou que a Polícia Civil, no momento, está realizando a investigação do caso.

De acordo com a denúncia realizada pelo prefeito, dois moradores de rua haviam recebido marmitas de pessoas que não possuem ligação com os órgãos públicos de Assistência Social. Além dos dois moradores, uma criança de apenas 11 anos de idade e um adolescente de 17 anos também ingeriram os alimentos e, agora, encontram-se internados.

A Polícia Civil, juntamente com a Prefeitura de Itapevi, ainda não identificaram as pessoas que forneceram as marmitas nem o tipo de substância que estava no alimento responsável por provocar o envenenamento. Os dois homens, infelizmente, já foram encontrados sem vida, ao lado de um cachorro que, supostamente, também havia falecido devido ao envenenamento. As vítimas foram identificadas pelo nome de Vagner Aparecido Gouveia de Oliveira, de 37 anos de idade, e José Araújo Conceição. Os dois foram levados para o Pronto Socorro Central de Itapevi, local aonde foi constatado o óbito.

#indignado Recebi logo cedo a informação que foram distribuídos alimentos contaminados em Itapevi. Infelizmente, dois…

Gepostet von Igor Soares am Mittwoch, 22. Juli 2020

Nas redes sociais, Soares informou em seu perfil que os homens haviam sido abordados pelos assistentes sociais da cidade, se recusando a ir para o abrigo fornecido pela prefeitura, localizado no Ginásio do Centro de Iniciação ao Esporte, que está destinado a receber os moradores que se encontram em situação de rua durante a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus.

Mais duas vítimas

Um morador do bairro Jardim Rosemary, que não foi identificado, também pegou a marmita em questão e levou para sua casa, aonde reside junto de uma criança e um adolescente que também foram contaminados. A criança, no momento, está internada no Hospital Geral de Pirajussara, e o adolescente se encontra no Pronto Socorro Central de Itapevi, ambos diagnosticados em estado grave.

Além das investigações realizadas pela Polícia Civil, a Guarda Civil do município também está investigando o caso, buscando possíveis vítimas e suspeitos sobre o ocorrido.

Fonte: Yahoo;