Michael Schumacher sai do coma após cinco anos e se emociona

Foto: Montagem/Divulgação

Michael Schumacher sofreu um acidente a mais de cinco anos, enquanto esquiava em suas férias, o que o deixou com estado de saúde delicado.

Segundo informações do jornal britânico “Daily Mail”, o ex-piloto não está mais em coma e nem respira mais com ajuda de aparelhos, porém, necessita de cuidados intensivos, que custam cerca de 50 mil libras por semana.

A notícia vem deixando os fãs bem animados, que sempre ficaram na expectativa por uma melhora dele, que por anos fez uma grande carreira na Fórmula 1.

No início do ano, parentes do piloto falaram com a revista francesa ‘Paris Match’: “quando colocamos na cadeira de rodas de frente para as montanhas e para o lago, por vezes o Michael chora”.

Sigilo da família

Após todo o acontecido com Schumacher, a família deixou tudo fora do alcance da imprensa. Poucas coisas foram divulgadas, mesmo com todo o empenho para saber como estava a recuperação do piloto.

Em novembro, o tablóide britânico ‘Mirror’ teve acesso a uma declaração da porta-voz da família, Sabine Kehm: “De uma forma geral a imprensa nunca teve grande acesso à vida privada do Michael e da Corinna (esposa de Schumacher). Quando ele estava na Suíça, por exemplo, tornava-se óbvio que não queria ser incomodado. Uma vez, numa longa conversa me disse: “não precisa de me telefonar no próximo ano, vou desaparecer”. Acho que poder desaparecer um dia era o seu sonho secreto. É por isso que eu faço de tudo para que os seus desejos sejam cumpridos e não deixo que nada transpareça”.

SBT exibe especial “Neymar Jr. entre amigos” nesta terça (18/12)

Em domingo de treta, Mara Maravilha dispara: “Tal pai, tal filho”