Menores de 21 anos podem ser proibidos de usarem celular com o novo projeto de lei dos EUA


Um projeto de lei polêmico apresentado pela Câmara Legislativa de Vermont, nos Estados Unidos, prevê a proibição de menores de 21 anos de usar ou ter um telefone celular. O argumento do autor, o senador democrata John Rodgers, é de que usuários com idade abaixo dessa faixa “não estão maduras o suficiente para possuir e usar celulares com segurança”.

O documento cita acidentes fatais de carro e bullying entre adolescentes como as principais razões para a proposta. “O uso de telefones celulares durante a direção é um dos principais assassinos de adolescentes nos Estados Unidos. Os jovens frequentemente usam celulares para intimidar e ameaçar outros jovens, atividades que estão associadas a muitos suicídios”, destaca o documento.

Caso o projeto seja aprovado, quem tiver posse ou utilizar um dispositivo móvel com menos de 21 anos será punido com até um ano de prisão e multa de US$ 1 mil. A prerrogativa é de que “se menores de 21 anos não têm maturidade suficiente para portar armas, fumar cigarros ou beber álcool, a mesma regra deve ser aplicada aos smartphones”

Nos últimos anos, o estado norte-americano aprovou leis que aumentam a idade mínima para fumar e a proibição de armas de fogo para menores de 21 anos. Nos Estados Unidos, nenhum governo estadual restringe propriedades de celulares, mas 38 estados condenam o uso de dispositivos móveis por adolescente ao volante.

Fonte: CNET  & Canal Tech