Marielle Franco envia carta psicografada inédita e revela detalhes cruciais de seus assassinos


No dia 14 de março de 2018, a vereadora carioca Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes, foram brutalmente assassinados, na região central do Rio de Janeiro.

Após deixar o evento ‘Jovens Negra Movendo as Estruturas’, que aconteceu na Lapa, Marielle voltava para casa, quando sofreu o atentado.

Ao chegar no Estácio, um carro emparelhou ao veículo onde a vereadora estava e vários tiros foram disparados, matando Marielle e Anderson.

Uma das assessoras de Marielle que estava no veículo sobreviveu ao ataque, coincidentemente as câmeras de segurança da rua onde a vereadora foi atacada não estavam funcionando naquela fatídica noite.

Dois anos se passaram e o crime continua envolto em muitos mistérios, afinal de contas, quem matou Marielle Franco e porquê?

Eleita com 46,5 mil votos, a quinta maior votação para vereadora nas eleições de 2016, Marielle Franco estava no primeiro mandato como parlamentar.

Oriunda da favela da Maré, zona norte do Rio, Marielle tinha 38 anos, era socióloga, com mestrado em administração pública e militava no tema de direitos humanos.

Ao que parece, Marielle vinha incomodando muita gente, milicianos, políticos, entre outros.

Hoje, após tantas dúvidas e perguntas sem respostas, uma carta psicografada atribuída ao espírito de Marielle, voltou a viralizar nas redes sociais. Na missiva do além Marielle dá detalhes sobre os seus assassinos. Confira:

Fonte: TV Foco