Mandetta ergue a voz a Bolsonaro: “Estamos preparados para ver caminhões do Exército transportando corpos?”


A pandemia do covid-19, está deixando todos com os ânimos alterados, diante da crise que deixa rastros pelo mundo todo, manter a calma não está sendo fãcil.

Por conta disso, a reunião entre o presidente da republica federativa e seus ministros na tarde deste sábado, dia 28, foi tensa.

A reunião aconteceu após Bolsonaro sugerir o cancelamento do isolamento social para comércio, escolas, lotéricas e igrejas.

Neste cenário de alta tensão, Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde vai ganhando destaque, e não é somente por sua competência e qualidade, mas por enfrentar Bolsonaro de maneira incisiva.

O chefe da saúde, se destacou na reunião emergencial, defendendo a manutenção da quarentena, visando bloquear o alastramento do novo coronavírus.

Mandetta apresentou cenários possíveis para a doença no país e advertiu Bolsonaro e outros ministros que, se morrerem mil pessoas, será similar à queda de quatro Boeings. 

Na sequencia, Mandetta disparou a pergunta: “Estamos preparados para o pior cenário, com caminhões do Exército transportando corpos pelas ruas? Com transmissão ao vivo pela internet?”

Antes de encerrar sua fala, o ministro sugeriu a criação de uma central de equipamentos e pessoal.

Essa central possibilitaria o remanejamento de leitos, respiradores e até médicos e enfermeiros de um Estado a outro.

Fonte: Estadão