Luto oficial no Brasil é decretado por quatro dias pelo Congresso


O presidente da Câmara do Senado, Davi Alcolumbre decretou luto oficial por 4 dias no país, a tomada de decisão foi em em solidariedade a todas as famílias brasileiras que perderam seus ente queridos e estão de luto.

As pessoas que estão em situação vulnerável e sofrem as consequências e prejuízos decorrentes da pandemia do novo coronavírus também foram mencionadas no ato.

Após o Brasil passar a marca de 100 mil mortes por conta da Covid-19, foi anunciado o luto pela rede social do Twitter. Com esta decisão, o Senado e a Câmara só retornaram às suas atividades normais, na próxima quarta-feria, dia 12 de agosto.

Em março,  Davi Alcolumbre, contraiu o novo coronavírus e permaneceu em quarentena durante duas semanas. Após esse período, o político voltou às suas atividades normais.

Quando o o Brasil registrou a marca de 100 mil mortes pelo covid-19, muitos brasileiros se pronunciaram sobre o assunto.

O ex-ministro Moro foi um deles, e declarou que não devemos ficar conformados com essa marca, e devemos nos solidarizar com as famílias que perderam seus entes queridos.  Além disso, ele pede “que a ciência nos aponte caminhos e que a fé nos dê esperança”.

Todos contra a covid-19

Confira aqui abaixo o áudio enviado pelo filho de Eliza Samudio em repudio ao seu pai.

 

Áudio de filho de Eliza Samudio e do goleiro Bruno, com triste desabafo sobre o pai comove a web; “Ele merece prisão perpetua”

Fonte: terra.com.br