Lula afirma que Bolsonaro inventou ter Covid-19 para divulgar cloroquina; veja


O ex-presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, realizou uma participação entre bancários nesta última sexta-feira (17). Durante o bate-papo que foi realizado de forma virtual devido a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, o encontro pode contar com a participação de Guilherme Boulos, Flávio Dino e Fernando Haddad. Durante a ocasião, Lula aproveitou para realizar fortes críticas contra o atual presidente, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), insinuando que o político, supostamente, inventou que foi infectado pelo novo coronavírus apenas para defender o uso da hidroxicloroquina.

Em suas críticas, o petista afirmou que, para conseguir resolver a crise sanitária atual, é necessário bom senso por parte do presidente da República, que deve entender que o único medicamente capaz de curar, no momento, é o isolamento social. Continuando, Lula ainda ressaltou que, ao invés de Jair Bolsonaro juntar os institutos brasileiros com o intuito de pensar em meios para resolver, ele tenta, de forma rotineira, vender a cloroquina. “Eu acho que ele é sócio do laboratório do Trump, não é possível”, finalizou, mostrando uma grande indignação com as atitudes do presidente.

Em dado momento, Lula disse que é hora dos pesquisadores não aceitarem cumprir as orientações do presidente, visto que, até o momento, não há indícios de que a cloroquina seja realmente eficaz contra a doença. O petista ainda indagou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, dizendo que acredita que Bolsonaro inventou que está com Covid-19 apenas para dizer que melhor com a hidroxicloqouina, afirmando que o político é capaz de tudo.

O presidente continuou com suas críticas contra o governo atual, citando sobre as trocas ocorridas no comando do Ministério da Saúde.

Analisando o papel das Forças Armadas dentro do Governo de Jair Messias Bolsonaro, Lula disse que não acredita que tais cargos dão “sustentação às loucuras do presidente”, pois já que aceitarem participar do governo, é porque acham que o que Bolsonaro faz é certo.

Site usa texto sobre boa aprovação de Lula para tratar apoio a Bolsonaro

Dias atrás, foi publicado uma  pesquisa afirmando que o atual presidente, Jair Bolsonaro, possui 64% de aprovação dos brasileiros. No entanto, tal notícia já foi confirmada como falsa. O texto em questão foi publicado pelo site denominado “Notícias de Direita”, que realizou a publicação com tais índices no dia 13 de julho, retirando a postagem do ar logo após. Na postagem, era afirmado que houve um “recorde de aprovação” da gestão de Bolsonaro, entretanto, a pesquisa se tratava de uma matéria publicada pelo Portal G1 em setembro de 2008. A postagem em questão ainda mostrava os números de aprovação do governo de Luis Inácio Lula da Silva (PT) e não de Jair Bolsonaro.

A última pesquisa que foi realizada pelo Datafolha, durante os dias 23 e 24, informam que o total de 32% dos brasileiros aprovam o governo de Jair Bolsonaro, considerado a gestão como “boa” ou ótima”, ao passo que 44% dos brasileiros indicam que a gestão é “péssima” ou “ruim”.

Fonte: UOL; UOL;