Lembra dele? Saiba o que aconteceu com o câmera que processou Faustão


Uma das maiores características do apresentador Fausto Silva, sem dúvidas é seu palavreado por não ter papas na língua, criando assim muitas polêmicas até mesmo nos bastidores e entre as pessoas que trabalham com ele no palco, ainda que seja tudo em tom de brincadeira.

Chamado de “gaúcho do armário”, “corno”, “mais antigo câmera da América Latina”, “galã de velório”, o gaúcho Ivalino Raimundo da Silva, era um dos alvos preferidos de Faustão, que aparecia sempre com cara de poucos amigos, sisudo e calado, assim ele fazia seu trabalho ignorando as piadas do apresentador. Confira!

 

Sentindo-se ofendido com as piadas pesadas de Faustão, Ivalino Raimundo da Silva, processou a Rede Globo, em 1995, pedindo uma indenização de 1 milhão de reais por dano moral.

Mesmo com o processo, Faustão continuou as piadas com os demais funcionários de seu programa, mas o antigo câmera gaúcho não foi mais visto, conquistando assim o anonimato, após 20 anos trabalhando na Globo.

Fonte: TV Famosos