Jair Bolsonaro vota no Rio de Janeiro sob forte segurança

Foto: Reuters

Por volta das 9h15 deste domingo, dia 28/10, votou o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, ao lado da mulher, Michelle.

Temendo por sua segurança, o presidenciável usou um colete à prova de balas, e ficou sob forte segurança. Houve muita confusão e correria em todo o entorno da Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, zona oeste do Rio de Janeiro.

O candidato chegou driblando a imprensa, e deixou rapidamente o local para cumprimentar seus eleitores, e foi abordado por uma grande multidão de jornalistas e apoiadores. Os policiais que estavam escoltando Bolsonaro, agiram de forma truculenta para afastar todos aqueles que tentavam se aproximar. Ele preferiu não falar nada, apenas acenou para o público.

Voltando para casa, a comitiva deu uma parada e o candidato saudou seus apoiadores reunidos no endereço da residência de Bolsonaro, na Barra da Tijuca.

Os seguranças de Jair demonstraram apreensão, e um policial federal chegou a gritar em determinado momento com um colega para que o carro entrasse logo no condomínio. O receio era grande de que algo pudesse acontecer de ruim com o candidato, em vista o atentado que ele sofreu durante um evento de sua campanha logo no primeiro turno, o que o fez passar bastante tempo no hospital e abandonar compromissos de campanha.

Novo laudo aponta que vídeo íntimo de João Dória com várias mulheres é verdadeiro

Fernando Haddad vota em escola de São Paulo