Jair Bolsonaro diz que doará sobra da campanha para Santa Casa onde passou 1ª cirurgia após facada

Foto: Reprodução/TV Globo

Após ser eleito como presidente do Brasil, Jair Bolsonaro é o foco da notícia, e suas declarações sempre são o foco. E nesta terça-feira, dia 30/10, garantiu que irá doar a quantia que sobrou de sua campanha para a Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, local em que foi operado pela primeira vez após ser esfaqueado.

“Nossa campanha custou cerca de R$1,5 milhão, menos que a metade do que foi arrecadado com doações individuais. Pretendo doar o restante para a Santa Casa de Juiz de Fora, onde nasci novamente. Acredito que aqueles que em mim confiaram estarão de acordo. Muito obrigado a todos”, escreveu o capitão da reserva do Exército.

A atitude do presidente eleito vem recebendo muitos elogios nas redes sociais, onde muitos apontam como um “gesto nobre”.

O ataque e o atendimento

No dia 06/09, Bolsonaro foi esfaqueado durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). No mesmo dia, passou por cirurgia na Santa Casa de Misericórdia por conta de ferimentos nos intestinos grosso, delgado e em uma veia abdominal.

Depois foi transferido para o hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde lá foi submetido pela segunda cirurgia, e onde também ficou internado até o dia 29 de setembro.

Rayane teria ligado para a polícia antes de ser morta

Grêmio x River Plate: Transmissão ao vivo do jogo pelo SporTV nesta terça 30/10/2018