Governador do DF decide suspender aulas e eventos públicos por conta do coronavírus


Nesta quarta-feira, dia 11 de março, o governador Ibaneis Rocha, suspendeu as aulas na rede pública e também na provada, durante os próximos 5 dias no Distrito Federal.

Além de suspender as aulas, também foram suspensos os eventos que precisem de licença do governo de DF, devido ao novo vírus, coronavírus.

Na edição extra do Diário Oficial, saiu um decreto, onde o governador apresenta as medidas que vão ser usadas e o que será afetado.

O decreto já entrou em vigor, nesta quarta-feira. Ele revela que o tempo de vigor do decreto de apenas 5 dias, poderá ser reavaliado e poderá mudar a qualquer momento, como também, as medidas podem ser mudadas.

Confira o decreto:

“Eu preciso de um prazo para absorver a decisão que foi tomada mundialmente”, afirmou o governador.

De acordo com Ibaneis, tudo vai depender das novas informações sobre a doença. No Distrito Federal, a saúde foi decretada em estado de emergência.

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Particulares do DF (Sinepe-DF), Álvaro Domingues, revela que era mais fácil e de maior acesso a todos, que as escolas fossem funcionar na quarta e já dessem o aviso, logo até sexta-feira, já teriam suspendido as aulas e todos iam acesso as informações.

Segundo Álvaro a suspensão das aulas irá impactar cerca de 600 mil alunos e mais de 180 mil de estudantes na rede particular.