Famosa cantora gospel afirma que aprova o dia do orgulho gay e revolta comunidade evangélica brasileira


Uma famosa cantora gospel causou uma enorme polêmica ao dizer que aprova o dia do orgulho LGBTQ+ e que respeita a manifestação dos gays.

Em entrevista a revista ‘Marie Claire’, Priscilla Alcantara participou de uma live com o jornalista Felipe Carvalho, este assunto era uma das pautas da conversa e a cantora foi questionada sobre sua opinião a respeito da comunidade LGBT e suas bandeiras.

Priscilla Alcantara - LETRAS.MUS.BR

Ontem foi o Dia do Orgulho LGBTQIA+. Qual sua opinião sobre este movimento, seja por base religiosa ou pela sua experiência pessoal?”, questionou o jornalista, no bate-papo realizado no último, dia 29 de junho.

Priscilla Alcantara afirmou que respeita as bandeiras e a manifestação LGBTQ+, até mesmo porque já ouviu histórias muito tristes sobre as dificuldades enfrentadas pela maioria deles.

Por que 28 de junho é o Dia do Orgulho LGBT – Portal Aberje

A cantora revelou que assistiu um vídeo no Twitter que a deixou muito triste onde uma mulher atacava um jovem homossexual de maneira agressiva. “’Sou serva de Deus’. Aquilo foi um ataque homofóbico! Tenho vontade de chorar porque não faz sentido!”, respondeu a cantora.

A entrevista causou muita polêmica na comunidade evangélica que não aprovou a opinião de Priscilla Alcantara. Vale ressaltar que, não é a primeira vez que atitudes da cantora gospel são desaprovadas pelos evangélicos. Mas, ela não deixa de opinar com sinceridade sobre os mais diversos assuntos, para Priscilla é imprescindível pregar o respeito.

LEIA TAMBÉM

Vídeo: Mulher que se diz “serva de Deus” usa ferro para agredir agente de turismo homossexual: “tem que morrer”

Fonte: Gospel Mais