Ex-técnico do Flamengo, Abel Braga, pretende colocar o time na Justiça e choca com justificativa


Novo técnico do Vasco, Abel Braga analisa cobrar o Flamengo na Justiça. O treinador diz ter direito a parte da premiação pelos títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores. O clube vai distribuir mais de R$ 70 milhões entre jogadores, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol. A informação foi divulgada pelo jornalista Gilmar Ferreira, do Extra, e confirmada pelo Globo Esporte.

O fato ainda não foi parar na Justiça, uma vez que o judiciário está em recesso de fim de ano. Existe possibilidade de representantes do treinador procurarem o Flamengo em busca de um acordo, antes de acionarem a Justiça.

Abel afirma ter direito pela premiação, que foi acordada com o elenco no início de 2019. O treinador comandou o Flamengo na primeira fase da Libertadores e nas seis primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. O técnico do Vasco quer receber proporcionalmente ao período que esteve à frente do time.

O trabalho no rival está sendo bem feito, mas está sendo terminado. Eu comecei. Com a Florida Cup, com o estadual, com a classificação na Copa do Brasil 75% garantida com a vitória em São Paulo. E classificado em primeiro no grupo da Libertadores, o que não acontecia há 11 anos, então não é bem por aí – afirma Abel, em sua apresentação no Vasco, na última semana.

Caso acione a Justiça, Abel Braga será representado pelo advogado Paulo Reis, ex-vice jurídico do Vasco.

Procurado pelo GloboEsporte.com, o departamento jurídico do Flamengo disse não acreditar em uma ação de Abel Braga contra o clube. O treinador assinou rescisão de contrato, na presença de seu advogado, que extinguiu irrestritamente qualquer obrigação futura.

Fonte: Globo Esporte