Escolas e pais questionam suspensão das aulas no DF por causa do coronavírus


As aulas da rede pública e particular de ensino do Distrito Federal estão suspensas agora pelos próximos cinco dias depois da determinação do governador Ibaneis Rocha. Também está proibido que hajam aglomerações em eventos que dependam de alvará, como por exemplo shows e competições esportivas. A decisão foi divulgada na noite da última quarta-feira (11) em um decreto que foi publicado através do Diário Oficial do Distrito Federal.

Álvaro Domingues, presidente do Sindicado dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal considerou que a atitude tomada pelo governador é precipitada. No entanto ele acredita que a decisão em questão foi tomada devido a uma motivo plausível para isso.

O presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do DF, Alexandre Veloso declarou que a medida parece ser uma preocupação que tenha partido mais dos pais dos alunos em relação ao coronavírus. Ele alega que atualmente não se tem nenhum caso da doença em escola no DF  e acredita que no momento as autoridades deveriam fazer um trabalho para poder desmistificar o vírus ao invés de criar um estado de pânico.

A Universidade de Brasília (UnB) informou que não tem previsão de suspensão do calendário atualmente e que a instituição irá acompanhar com atenção e com responsabilidade as informações a respeito da transmissão do Covid-19 no local atualmente.

Fonte: Correio Brasiliense