Entenda por que este ‘humilde’ pombo foi vendido por R$ 5,3 milhões de reais


Chega a soar um tanto quanto estranho, mas, sim, um pombo foi vendido por nada mais nada menos que a humilde bagatela equivalente a R$ 5,3 milhões de reais. Mas como alguém em sã consciência pagaria todo esse dinheiro por um simples pombo?

A história não é bem assim. Armando, como é conhecido o pombo milionário, não se trata de um “simples” pombo. Na verdade, ele é um grande campeão de corridas e já foi agraciado com o título de “o melhor pombo belga de longa distância de todos os tempos”, de acordo com a Pigeon Paradise, instituição promotora de leilões.

Armando é tão importante no mundo das corridas que ganhou o apelido carinhoso de Lewis Hamilton, referência direta às habilidades do piloto que conquistou o título de campeão mundial de Fórmula 1 por cinco incríveis vezes. 

Para se ter uma ideia, Armando foi o vencedor das três últimas corridas das quais participou. Isso inclui o Campeonato de Pombos Ace 2018 e a Olimpíada de Pombos de 2019. O esporte é conhecido como columbofilia, que consiste na criação de pombos-correio para competições.

De acordo com Fred Vancaillie, presidente da associação local de entusiastas da modalidade, Armando não é um pombo como outro qualquer, mas sim um dos maiores, se não o maior, nome da história do esporte.