Enquete: Você continua apoiando Bolsonaro após demissão de Mandetta? Vote aqui


Nesta quinta-feira (16), o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), demitiu Luiz Henrique Mandetta que ocupava o cargo de ministro da Saúde.

A continuação de Mandetta à frente do Ministério da Saúde ficou insustentável. Mesmo mostrando extrema coerência frente ao combate a pandemia do novo coronavírus, o Covid-19, Luiz Henrique Mandetta, vinha sendo atacado pelo Presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

Mandetta já vinha demonstrando cansaço diante das atitudes de Bolsonaro que fazia questão de afirmar que o isolamento social era uma medida desnecessária e por várias vezes minimizou a gravidade da Covid-19.

Os passeios de Bolsonaro pelas ruas de Brasília, provocando aglomerações era uma afronta direta a Mandetta, que se disse exausto de tentar convencer o presidente que o mais correto é seguir as orientações da Organização Mundial da Saúde.

“São 60 dias nessa batalha. Isso cansa! 60 dias tendo de medir palavras. Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente. Você vai, conversa, parece que está tudo acertado e, em seguida, o camarada muda o discurso de novo. Já chega, né? Já ajudamos bastante”, disse Mandetta.

Você continua apoiando Bolsonaro após demissão de Mandetta? Vote aqui

O médico oncologista Nelson Teich, assumiu o Ministério da Saúde.

FIQUE EM CASA – Acompanhe ao vivo os números reais do Covid-19 no Brasil e no Mundo. Saiba mais sobre o coronavírus:

Fonte: UOL