Enfermeiro, de 22 anos, mandou mensagem de despedida e pediu para mãe realizar seu último desejo antes de morrer por Covid-19


O técnico de enfermagem, Klediston Kelps, de 22 anos, morreu vítima da Covid-19, no último dia 25 de julho. Klediston é mais um profissional de saúde que perde a vida para o novo coronavírus, ele foi infectado trabalhando na linha de frente de uma Unidade de Pronto Atendimento.

Klediston Kelps, de 22 anos, morreu de Covid-19 em Mato Grosso — Foto: Facebook

O jovem deu entrada na UPA de Primavera do Leste, cidade que fica a cerca de 239 km de Cuiabá, já apresentando os sintomas da Covid-19 no final de junho. No último dia 18 de julho o estado de saúde de Klediston piorou consideravelmente e ele foi transferido para a UTI de um hospital particular onde ficou internado por sete dias até perder a guerra para a doença.

Contudo, Klediston que era muito ligado a mãe e a família antes de ser entubado mandou uma mensagem de despedida para sua mãe e pediu que ela realizasse seu último desejo.

Elisângela da Silva Faria, de 40 anos, contou que o filho pressentiu que não iria sobreviver, ele pediu a ela através de uma mensagem que caso fosse a óbito queria que seu caixão fosse enfeitado com rosas brancas e uma única vermelha. Veja:

Em mensagem à mãe, no dia em que foi entubado, Klediston falava o que queria antes de morrer — Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

A mãe de Klediston contou que não pôde realizar o desejo do filho, já que por causa da Covid-19, o caixão foi lacrado e não houve velório, o sepultamento foi realizado de maneira rápida. Mas ela levou as flores até o local onde o filho foi sepultado e as colocou junto a ele.

Elisângela levou as rosas que o filho pediu no outro dia — Foto: Arquivo pessoal

LEIA TAMBÉM:

Depois de assistir este vídeo você vai parar de usar cotonetes imediatamente

Fonte: G1