Enfermeira que tratava de pacientes com Covid-19, tira a própria vida e motivo é de cortar o coração


Os profissionais de saúde estão na linha de frente da dura batalha contra o novo coronavírus, Covid-19.

Trabalhando incessantemente, estes profissionais estão chegando a exaustão e infelizmente muitos deles estão sendo diagnosticados com o novo coronavírus e perdendo a vida por causa da Covid-19.

Mais um relato trágico vem da Itália um dos países mais afetados pela Covid-19, onde milhares de pessoas estão internadas e o número dos óbitos sobe assustadoramente a cada dia e já ultrapassa 7.500 mortes.

Uma enfermeira chamada Daniela Trezzi, que trabalhava no Hospital San Gerardo, na cidade de Monza, localizada na região mais atingida da Lombardia, tirou a própria vida ao descobrir que estava infectada com a Covid – 19.

De acordo com o portal de notícias online da revista ‘Vogue’, Daniela estava doente desde o dia 10 de março, se cuidava em casa e estava sob forte estresse com medo de ter espalhado o vírus enquanto trabalhava no hospital lotado de pacientes graves.

O hospital em que ela trabalhava confirmou sua morte nesta terça-feira (24), a Federação Nacional de Enfermeiras da Itália expressou “dor e consternação” com a morte de Trezzi.

Daniela optou pelo autoextermínio, por medo de contaminar outras pessoas e por ter presenciado milhares de pacientes em dor e sofrimento.

Este é o segundo caso de autoextermínio de um profissional de saúde na Itália em menos de uma semana.

Cerca de 5.760 profissionais de saúde foram infectados pelo vírus na Itália, segundo dados divulgados na terça-feira (24), por um instituto de pesquisa do país.

Serviço

Você não está sozinho, se estiver precisando de ajuda, entre em contato com o CVV (Centro de Valorização da Vida). A melhor opção é viver, você não está sozinho.

Covid-19

Fonte: Vogue