Datena é acusado de assédio sexual por repórter

Foto: Reprodução/Band

O apresentador José Luiz Datena está sendo acusado de assédio pela jornalista Bruna Drews, que fez parte da equipe do programa “Brasil Urgente”, na Band.

Bruna já abriu uma representação protocolada no Ministério Público de São Paulo (SP) afirmando que o veterano teria lhe dito que ela não precisava emagrecer porque já “era muito gostosa”, além de ter lhe contado que teria se masturbado diversas pensando nela e que achava “um desperdício” a profissional “namorar uma mulher”.

De acordo com o site “Notícias da TV”, no dia 7 de junho do ano de 2018, a equipe do quadro “A Fuga”, do extinto “Agora É Com Datena”, estava comemorando em um bar na região central da capital paulista quando Bruna foi abordada pelo comunicador, que teria dito essas afirmações.

O motivo da jornalista ter tomado a decisão de processar Datena só agora foi devido o fato de ter passado uma grave crise de depressão e pânico, que a fez entrar em licença médica.

A profissional também está movendo ação trabalhista contra a Band pois, segundo ela, teria sido conivente com as supostas atitudes de Datena.

Datena Nega

O jornalista negou as acusações e disse que está tomando medidas judiciais sobre o caso. “Na comemoração, repeti a ela que ela era muito bonita e que não precisava emagrecer, porque ela já era competente. Tirando isso, todo o resto é mentira, calúnia e delírio”, disse ele.

Kibe Cru do Mais Você, receita 18/01/2019

Lília Cabral briga feio com Marina Ruy Barbosa, confira o motivo