Criança tem complicações após ingerir medicamento vencido entregue pela farmácia básica de Santa Quitéria

Foto: Reprodução

Um caso vem ganhando grande repercussão em toda a Santa Quitéria. E trata-se de uma denúncia, vinda do distrito de Lisieux, onde uma criança com necessidades especiais acabou tendo complicações após ingerir um medicamento vencido, que foi entregue pela farmácia básica na sede do município.

A mãe da criança, Ana Célia, revoltada com o ocorrido, gravou e publicou um vídeo nas redes sociais mostrando a medicação vencida há quase duas semanas, algo que ganhou muita visibilidade, e acabou virando pauta da última sessão da Câmara Municipal, na sexta-feira, dia 19/10.

“É uma denúncia muito grave e eu não acredito que o Município não tenha tomado as providências. Não é só tomar as providências de retirar das prateleiras, é chamar a atenção e se for o caso, punir o servidor que está agindo dessa forma”, cobrou o líder da bancada de oposição, Lino Paiva.

Joel Barroso, representante do distrito de Lisieux e presidente da Câmara, afirmou que está acompanhando o caso e cobrou da Secretaria de Saúde mais responsabilidade para evitar que casos assim voltem a acontecer.

A líder da situação, vereadora Sônia Paiva, afirmou que as medidas já estão sendo tomadas em relação ao funcionário que fez a entrega do medicamento.

Ana Célia falando sobre remédio vencido. Foto: Reprodução/Facebook

Não vai deixar barato

Ana Célia, mãe da criança, deixou claro que irá entrar com um pedido de indenização contra o município no Ministério Público e na Justiça local.

 

Homem é morto a tiros na localidade de Sangradouro, em Santa Quitéria

Homem é preso por porte ilegal de arma e violência doméstica em Santa Quitéria