Coronavírus; “Não é como uma gripe”, médicos italianos contam toda a verdade


O novo coronavírus está se alastrando de forma rápida e assustadora no mundo todo, por conta disso a Organização Mundial da Saúde considerou a crise como uma pandemia.

Erroneamente algumas pessoas repassam a ideia de que essa crise se basei em uma ‘simples gripe’, e por conta disso, muitas pessoas que estão na Itália e tem parente e/ou amigos no Brasil, tentam alerta-los a todo custo.

Assim também, os médicos do principal hospital de Bérgamo se preocuparam e em entrevista contaram a real situação dessa pandemia.

Na Itália, o coronavírus já exterminou 4 mil pessoas, todos os dias centenas continuam perdendo suas vidas, diante disso, os médicos alertam: “Não é uma gripe

Um dos médicos dessa equipe disparou: “Todos precisam saber que a maioria dos pacientes tem pneumonia, porém, é uma pneumonia muito severa“.

Com um pouco mais de 120 mil habitantes, a cidade de Bérgamo, que fica localizada ao norte da Itália, vive a realidade de um dos locais com maior índice de infectados pelo novo coronavírus.

O governo Bérgamo está de sobre modo sobrecarregado por conta da velocidade com que o vírus se propaga.

É massivamente estressante para qualquer sistema de saúde, porque vemos todo dia de 50 a 60 pacientes chegando. A maioria é tão severa que eles precisam ficar entubados“, confessou outro médico.

Fonte: G1