Coronavírus; Governo vai contratar médicos cubanos para enfrentar a doença


O Ministério da Saúde irá tomar uma medida para ajudar o país a passar pela pandemia.

Médicos cubanos serão chamados, para trabalharem no SUS, Sistema Único de Saúde, pelo programa Mais Médicos, afim de termos mais profissionais para podermos enfrentar essa crise do vírus Covid-19, ou como é mais conhecido, coronavírus.

No Brasil, já foram confirmados 234 casos da doença e a expectativas para os próximos dias é que ela aumente e se espalhe no país.

O processo para os médico cubanos, será aberto depois da terceira chamada de médicos brasileiros, que já estão cadastrados no Conselho Federal de Medicina (CFM), os quais já haviam se inscrito para o programa.

A previsão é de contratarem 5.811 profissionais até o começo do mês de Abril. A remuneração será de 12.000 reais e o contrato de um ano.

O edital, já foi aberto nesta segunda-feira, dia 16 de março e até o final da manhã, já tinha mais de 4.000 pessoas inscritas.

Será feita uma análise, dos documentos e logo depois irão começar a chamar. Os profissionais deverão atuar em 1.864 municípios, além dos 19 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs).

Se as primeira vagas não forem preenchidas pelos brasileiros, nas 2 primeiras chamadas, o governo irá abrir um edital para os profissionais cubanos.

Há 1.800 profissionais cubanos aptos para o trabalho, segundo o Ministério da Saúde. Eles precisam ser naturalizados, com pedido de refúgio ou com pedido de residência permanente no Brasil.