Cientistas informam quando a pandemia de Covid-19 chegará ao fim; Previsão é desanimadora


Desde o início do isolamento social ocasionado pela pandemia do novo coronavírus, milhões de pessoas ao redor de todo o mundo viram suas rotinas mudarem drasticamente. Para que o vírus não se espalhasse, foi necessário adotar novos hábitos de vida, fazendo um grande esforço para evitar o contágio da doença.

O uso de máscaras de proteção facial tornou-se obrigatório em inúmeros países, acompanhados também, de diversos cuidados com a higienização, precisando manter as mãos sempre limpas e obedecer uma distância de outras pessoas quando se mostra necessário sair às ruas. O que muitas pessoas tentam entender é quando tal modo de vida finalmente chagará ao fim, podendo voltar as rotinas normais e ficar livres de tantas preocupações.

Mais da metade dos líderes dos setores de saúde mostram acreditar que a pandemia do novo coronavírus irá continuar por mais alguns meses na vida dos cidadãos, afetando o planeta até o segundo semestre de 2021.

Caso uma das vacinas que, no momento, estão sendo testadas realmente mostrarem garantir a imunidade contra a Covid-19, as expectativas é que as coisas comecem a voltar ao normal durante o final de 2021. Uma recente pesquisa realizada pela Lazard, que incluiu investidores e executivos do setor de saúde, informou que o total de 71% das pessoas se mostram preocupadas com a disponibilidade de uma vacina eficaz contra o vírus.

Uma vacina capaz de garantir a proteção dos cidadãos contra a doença será algo determinante que tudo possa voltar ao normal, sendo necessário, também, que haja uma ampla produção do medicamento ao redor do globo.

Aqueles que esperam retornar suas rotinas o mais rápido possível, mostra estar desanimado com a previsão em questão.

Segundo David Gluckman, da Lazard, aqueles que estão atuando na área de saúde se mostram sóbrios em relação ao tempo necessário para o desenvolvimento de uma vacina eficaz e disponível para controlar a pandemia do novo coronavírus, esperando que isso possa acontecer ao longo de 2021 ou até depois.

Fonte: i7News;