Câncer de Mama: 3 sintomas que não surgem no seio e que não devem ser ignorados


Infelizmente o câncer de mama é o segundo tipo de tumor que mais acomete mulheres no Brasil. Acredita-se que anualmente 50 mil novos casos são diagnosticados oficialmente mas o número pode ser muito maior, já que milhares de mulheres no Brasil não tem acesso ao serviço de saúde de qualidade.

O câncer de mama tem cura, mas para isso é preciso que ele seja diagnosticado precocemente, quanto mais cedo iniciar o tratamento de combate ao tumor, maiores são as chances de extirpar a enfermidade. Cerca de 98% dos casos onde o câncer é diagnosticado bem no início há chances de cura. Neste cenário se torna essencial a realização dos exames preventivos, como por exemplo, a mamografia; saiba mais.

Câncer de Mama: 3 sintomas que não surgem no seio e que não devem ser ignorados

A mulher deve realizar o autoexame dos seios mensalmente, logo após o término do período menstrual, esta prática é muito recomendada pelos médicos. No ato de apalpar as mamas a mulher pode detectar algum tipo de nódulo, caso isso aconteça deve-se procurar seu médico de confiança imediatamente.

Porém é preciso ressaltar que nem todo tipo de câncer de mama apresenta caroços, nem sempre este é o primeiro sintoma a aparecer e por isso você não pode ignorar alguns alertas que seu corpo lhe dá, por isso realizar os exames periódicos é de suma importância.

Segundo um estudo publicado pelo NCRI – Cancer Confereces, existem três outros tipos de sintomas e/ou problemas de saúde que podem ser o indicio do desenvolvimento do câncer de mama. São eles:

  • Dores nas costas;
  • Dores no pescoço;
  • Perda de peso inexplicável.

Nestes casos os desconfortos físicos que não tem nada a ver com os seios e a perda de peso podem indicar que o câncer de mama já criou metástase e se espalhou pelo corpo antes mesmo de ser diagnosticado, afirmam os pesquisadores.

Fonte: VIX