Cachorro é abandonado e deixa um bilhete de cortar o coração: ‘Me aceite’


Ao redor de todo o planeta, diversos cachorros são abandonados todos os dias pelos mais diversos motivos. Nas últimas horas, um caso inusitado chamou a atenção ao redor das redes sociais, viralizando entre os internautas.

Tudo aconteceu após um cãozinho ser abandonado na porta de um canil localizado na Inglaterra e, com ele, foi deixado um bilhete de cortar o coração. Após os funcionários do canil se depararem com o cachorro amarrado nas localidades, rapidamente foram socorrê-lo. Depois disso, puderam encontrar o recado que o ex-dono do pet havia deixado junto dele.

Os funcionários, abalados com o acontecido, fotografaram o bilhete em questão, publicando em suas redes sociais, além de deixar fotos do cão com o intuito de reencontrar seu dono. Com isso, diversas pessoas surgiram com o intuito de cuidar e dar uma casa para o animal.

“Por favor, me aceite. Meu dono me abandonou após cuidar de mim por 10 anos, porque eu não aprendi a ser um bom cachorro. Ele me devolveu onde me encontrou”, informava o bilhete que estava junto do cachorro.

Ao redor dos grupos de WhatsApp, Twitter e Facebook, a história do animalzinho foi compartilhada milhares de vezes pelos internautas e, muitos, manifestavam a curiosidade para saber quem era o antigo tutor do animal, visando que ele pudesse dar explicações sobre o que realmente havia acontecido.

Após algumas horas se passarem, o canil, então, usou novamente sua conta oficial nas redes sociais para realizar uma publicação que surpreendeu todos. Um funcionário do estabelecimento, felizmente, conseguiu localizar o dono do cachorro, com o mesmo concordando em receber o animal de volta em sua moradia.

***Important Update. Having fully investigated the elderly dog left abandoned on Monday, we were able to get in contact…

Gepostet von Swale Borough Council Stray Dog Service am Montag, 6. Juli 2020

Os funcionários do canil ainda informaram ao público que o animal não sofria nenhum tipo de maus tratos e que já estava acostumado com a família que vivia. Por esse fato, era mais importante que o cão retornasse ao seu lar e que o caso seria acompanhado de perto, analisando tudo o que aconteceria com sua volta.

Fonte: 1News