Bolsonaro está com infecção no pulmão, mas mantém agenda e continua viajando


No dia 07 de julho, o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, testou positivo para a covid-19. Depois disso, ele cancelou a agenda presidencial e se manteve isolado no Planalto por 20 dias, na terceira testagem, Bolsonaro revelou em sua rede social que estava recuperado da covid-19.

Após o teste ter resultado negativo, o presidente disse em sua live semana, na última quinta-feira, dia 30 de julho, que fez uma série de exames após sentir fraqueza e foi diagnosticado com infecção no pulmão, e para tratar, está usando antibióticos.

Mas, apesar da fraqueza e da descoberta da infecção, Bolsonaro está mantendo a agenda de viagens que havia prometido fazer quando ainda estava em isolamento.

Na quinta-feira, por exemplo, ele foi à Bahia, na inauguração de uma adutora da transposição do rio São Francisco, e visitou o parque da Serra da Capivara, no Piauí, todas estas localidades estão enfrentando um onda de frio.

Todos contra a covid-19

Não saia de casa se não for algo de extrema necessidade, evite o contágio do vírus que já levou mais de 92 mil brasileiros ao óbito somente até o último dia do mês de julho. Se realmente for preciso sair de casa, use corretamente a máscara de proteção e mantenha o distanciamento físico.

Evite aglomerações e se proteja contra a covid-19!

Confira aqui abaixo outras notícias importantes e atualizadas.

Governo reconhece que pode ter que prorrogar auxílio emergencial pela 2ª vez

Serasa lança nova campanha para limpar nome pagando apenas R$ 100

Fonte: R7