Banco Central deseja facilitar uso de caixas eletrônicos para clientes de bancos digitais e fintechs


O Banco Central (BC) quer que clientes de instituições financeiras digitais também possam sacar dinheiro de qualquer caixa eletrônico. Desde segunda-feira (16), há uma consulta pública aberta para mudança no regulamento para saque e aporte no Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

Uma das mudanças seria a interoperabilidade, assim chamada a capacidade de um banco de acessar serviços no caixa eletrônico de outro. “Embora os caixas eletrônicos e assemelhados não sejam as únicas formas de ingresso e de saque dos recursos nessas contas, o dinheiro ainda é a forma de pagamento utilizada com maior frequência por cerca de 60% da população brasileira, o que sugere que a demanda por saque e por aporte em espécie ainda persistirá por um certo tempo”, explicou o BC em nota.

O órgão também explica que, atualmente, custos e tarifas não são regulamentadas pelo BC, sendo que esta é uma mudança que a consulta pública propõe. Além disso, a medida pretende fazer com que instituições menores possam ganhar mais espaço em concorrência no mercado.

“Há evidências de que os bancos digitais, os emissores de moeda eletrônica e mesmo bancos tradicionais de menor porte, por não disporem (ou disporem de forma muito limitada) de canais de atendimento presenciais, têm enfrentado custos elevados para dar acesso a esses serviços para seus clientes”, explica a nota do BC.

A consulta está disponível para sugestões até 14 de fevereiro de 2020, no site do Banco Central.

Fonte: Agência Brasil & Canal Tech