Auxílio Emergencial: Câmara aprova mais uma categoria de profissionais para o auxílio; confira se agora chegou a sua vez


Nesta quinta-feira, no dia 16, foi aprovado pela Câmara dos Deputados, um novo projeto de lei. O mesmo prevê mais uma categoria para receber o benefício dado pelo governo.

De acordo com este projeto, os profissionais de saúde, bem como os massagistas e professores de educação física, serão beneficiados com o auxílio emergencial.

Ainda não podemos ver-lá em prática, porque irá precisar ser aprovada também pelo Senado.

Com esta lei, mais pessoas irão se beneficiar com o auxílio, ajudando assim os brasileiros a enfrentarem a crise financeira no país, provocada pelo novo coronavírus.

Este valor é previsto para os mesmo pro 3 meses, porém, o projeto ainda prevê um prorrogamento. De acordo com o mesmo, estes novos beneficiários tem que ter o valor estendido, como o que aconteceu com as primeiras categorias.

Este projeto já prevê a igualidade, onde os profissionais de educação física recebam o mesmo valor, que os trabalhadores informais e autônomos.

 

O auxílio emergencial para os demais trabalhadores, já foi liberado para estender, no período de dois meses. Sendo assim, os profissionais de educação física já tem este mesmo direito.

Segundo o político e autor do projeto, Felipe Carreras, a ideia principal é valorizar estes profissionais que muitas das vezes são esquecidos:

“É o cara que limpa a quadra de um clube, o boleiro, o maqueiro, que estavam excluídos”