Após vazar vídeo íntimo de sua amiga, rapaz leva uma surra que jamais esquecerá


Com apenas 20 aos de idade, Eloísa Brita se viu diante de um momento conturbado em sua vida durante a semana passada, quando vídeo sobre sua intimidade com o namorado foi espalhado ao redor da internet. Infelizmente, com o avanço das redes sociais, tal problema vez se tornando cada vez mais comum no Brasil. O vazamento deste tipo de conteúdo, como se pode imaginar, é um crime previsto no Código Penal brasileiro, devendo o autor do delito ser denunciado.

Sendo uma universitária e ex-lutadora de Judô, Eloísa Brita decidiu resolver a situação de um modo um tanto quanto inusitado. Atualmente, a jovem está fazendo faculdade de negócio em território estadunidense, voltando para o Rio de Janeiro no dia 18 de maio. Seus pais residem no bairro de Guadalupe, localizado na zona norte da cidade. Eloísa, para sua infelicidade, havia deixado seu celular com um amigo de 15 anos, não imaginando o que poderia acontecer com tal atitude.

De acordo com os relatos da mesma, o rapaz estava em sua casa, deixando o celular desbloqueado em sua mão, pois eram amigos de infância. Entretanto, passando-se os dias, um amigo havia chamado Eloísa, informando que o rapaz havia pegado o vídeo na galeria de imagens, encaminhando para seu WhatsApp e apagando a conversa após o feito.

Ao se deparar com o fato, a ex-judoca decidiu tirar satisfação com o rapaz. De acordo com ela, tudo já parecia estar resolvido, até descobrir que sua privacidade havia parado na internet. Eloísa desabafou, dizendo ter ficado sem ação quando soube do fato e novamente buscado tirar satisfação com seu amigo. Por estar de cabeça quente, a universitária acabou aplicando um golpe de judô chamado ipon no rapaz. O vídeo da briga acabou viralizando na internet e, em pouco tempo, a menina soltou de 1.600 seguidores para 22,5 em sua conta oficial no Instagram.

Fonte: 1News