Após declaração de Bolsonaro sobre mortes no país, Whindersson se revolta e rebate: “Então morre, Satanás”


Sempre bem humorado, o comediante Whindersson Nunes está sempre marcando presença nas redes sociais, onde gosta sempre de interagir com seus mais de 41 milhões de seguidores. Sempre que possível, o artista se posiciona sobre algum acontecimento e muitas das vezes se envolve em alguma polêmica. 

Foi exatamente o que Whindersson fez nesta última terça-feira, 2 de junho. Na ocasião, o humorista criticou uma fala do Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) sobre o número de vítimas do novo coronavírus. No Twitter, o humorista disse o que deseja a ele e foi apoiado por alguns seguidores e também teve quem foi contra o comentário de Whindersson e acabou criticando o humorista. 

O ator rebateu a declaração que o Presidente da República fez sobre as mortes no país afirmando que: “A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo.”

O artista ao se deparar com a declaração do governante, disparou: “Então morre satanás.”

Confira abaixo o post: 

Fonte: UOL