Após ataques do EUA, Bolsonaro afirma provável alta nos combustíveis no Brasil




O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira que tentou falar com o presidente da PetrobrasRoberto Castello Branco, sobre um provável aumento de combustíveis no país depois do ataque dos Estados Unidos que matou o general Qassim Suleimani, comandante da força de elite iraniana Quds, mas não teve sucesso.

Saindo do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que a atitude dos EUA vai impactar o preço do petróleo no mercado internacional, o que pode afetar o Brasil. “Que vai afetar, vai”, comentou ele a jornalistas.

O presidente comentou ainda que não pode intervir no preço do combustível e afirmou que, quando foi feito no passado uma política de tabelamento de preços, não teve sucesso.

Fonte: Uol