Após ‘Anonymous’, vazar dados de Bolsonaro, internautas fazem supostas compras e doações com o cartão do presidente


Na noite desta segunda-feira (2), um grupo de hackers intitulado como ‘Anonymous do Brasil’, vazou os dados pessoais do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

Entre os vazamentos estavam os dados do suposto cartão corporativo de Bolsonaro, que de acordo com o portal de notícias online do jornal ‘Estado de Minas’, foi utilizado para realização de compras e doações.

Nesta terça-feira (2), surgiram várias publicações no Twitter de alguns internautas que afirmavam ter realizado compras com os dados do cartão do presidente.

Um usuário do Twitter relatou que comprou um Macbook que a marca de um notebook da Apple por uma bagatela de R$ 10 mil no cartão do presidente.

Em outra postagem um internauta contou que fez uma boa ação e que usando o cartão corporativo da presidência da República.

Ele afirmou que realizou uma doação no valor de US$ 34.500 dólares, para uma organização que irá pagar as fianças dos participantes contra o racismo nos Estados Unidos, por causa da morte de George Floyd, que foram presos.

Outra pessoa afirmou que após comprar um iPhone com o cartão de Bolsonaro, recebeu uma notificação da polícia.

COVID-19

O novo coronavírus – Covid-19 – não escolhe suas vítimas, todos estão sujeitos e suscetíveis ao contágio, por isso siga as orientações da OMS – Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde e proteja-se. FIQUE EM CASA!!!

Fonte: EM