Além de cloroquina, Bolsonaro defende remédio Annita contra covid-19


Em diversas ocasiões, o presidente Bolsonaro apoiou o uso da hidroxicloroquina, medicação que ele próprio usou para se curar do coronavírus, após testar positivo no dia 07 de julho. Porém, ainda não tem nada comprovado cientificamente.

Além de falar sobre o uso da hidroxicloroquina, Bolsonaro também aconselhou que as pessoas que contraíram o vírus, conversem com os profissionais de saúde para saberem se devem ou não tomar um outro medicamento, o qual é conhecido, comercialmente como Annita.

Em sua fala, Bolsonaro descreve o que você pode falar com o médico, após ter alguém de sua família com sintomas do Covid:

“Doutor, você ministra hidroxicloroquina ou não? Ministra Annita ou não?”

Bolsonaro continua falando que a depender da resposta do médico, você tem a escolha de procurar outro profissional ou  voltar para casa e ir dormir, e conclui dizendo que não é médico, e que não está “recomendando nada a ninguém”.

Quanto ao medicamento de nome Annita, ou Nitazoxanida, ele existe há mais de 15 anos, é  um vermífugo, desenvolvido como um agente antiparasitário de amplo espectro e posteriormente aprovada também para tratamento de gastroenterites virais.

Mas como a cloroquina, também não tem comprovação científica indicando sua eficacia contra o novo coronavírus.

O resultado de DNA se Ísis helena saiu na quinta-feira e comprovou que a ossada é mesmo desse anjinho, tamanha crueldade cometida por uma pessoa que não pode ser chamada de mãe.

Resultado do DNA de Ísis Helena é divulgado pelo advogado Dr. Guastelli

Todos contra a Covid-19

O novo coronavírus está matando milhares de pessoas em volta do mundo, somente aqui no Brasil, quase 68 mil pessoas perderam suas vidas, então não pense que essa doença é uma brincadeira, porque ela não brinca quando infecta alguém.

Fique em casa!