Acidente ou ataque? Queda de avião no Irã deixa 176 mortos


Na noite desta terça-feira (7), o Irã fez seu primeiro contra-ataque direcionado aos Estados Unidos em represália à morte do general Qassem Soleimani, morto em uma ataque comandado pelas forças americanas na última sexta-feira (3).

O Irã disparou vários mísseis contra as bases americanas localizadas em solo iraquiano, ainda não há informações sobre vítimas deste ataque. Horas depois, na madrugada desta quarta-feira (8), um avião Boeing 737, caiu logo após decolar do aeroporto internacional de Teerã, capital do Irã. A aeronave levava 176 pessoas, não há sobreviventes; saiba mais.

Acidente ou ataque? Queda de avião no Irã deixa 176 mortos

A princípio a embaixada da Ucrânia em Teerã, divulgou um comunicado afirmando que o motivo da queda do avião teria sido por problemas técnicos que ocasionaram a falha dos motores. Porém, imagens mostram a aeronave em chamas antes de atingir o solo e explodir, diante destes fatos mais tarde uma outra nota a embaixada ucraniana voltou atrás e revelou que as causas estão sendo investigadas.

As duas caixas pretas da aeronave já foram recolhidas e serão periciadas. A queda aconteceu perto da cidade de Parand, localizada no subúrbio de Teerã. Infelizmente os 167 passageiros e 9 tripulantes morreram na queda, não há informações sobre vítimas no solo.

Vadym Prystaiko, ministro ucraniano de Relações Exteriores, afirmou que haviam passageiros de diversas nacionalidades à bordo da aeronave:

  • 82 do Irã
  • 63 do Canadá
  • 10 da Suécia
  • 4 do Afeganistão
  • 3 do Reino Unido
  • 3 da Alemanha
  • 2 da Ucrânia

Todos os tripulantes eram da Ucrânia.

Fonte: G1